Ética – Ter ou ter, eis a questão!

16/01/13

Difícil definir e também entender de maneira literal. Afinal,o que é ética? “A ética está associada ao estudo fundamentado dos valores morais que orientam o comportamento humano em sociedade. Ética é um conjunto de conhecimentos extraídos da investigação do comportamento humano ao tentar explicar as regras morais de forma racional, fundamentada, científica e teórica”. Com essa definição, podemos compreender a ética no mercado imobiliário?

Entre os corretores, a ética deveria ser algo sagrado, onde cada cliente é conquistado com o fruto de um trabalho árduo, de fidelização e de estudo de estratégia, aproveitando cada cliente em um determinado tipo de negócio, levando em conta o perfil do comprador, o perfil de moradia, perfil de renda e região, entre outros. E levando em consideração em que todos trabalham honestamente e olhando essa dificuldade, entendemos que deve haver respeito mútuo em primeiro lugar.

Além da ética entre os corretores, também é de extrema importância entre corretor e cliente. Muitos clientes não sabem as “regras” básicas dos corretores, não sabem das exclusividades. Então, se um cliente age de boa fé, você corretor também deve agir da mesma forma com seus clientes. O que também ocorre diversas vezes é cliente agindo sem ética, impulsionando assim o corretor, a fim de formalizar a venda, agir de má fé também. Será que vale a pena qualquer coisa para fechar uma venda?

Assim proponho analisar uma frase de Fábio Azevedo: “Pra vender com ética, primeiro venda para você mesmo, depois compre de você mesmo. Se você estiver satisfeito, estará no caminho.” Um ponto a ser mencionado, é a questão do que cada um acha o que é certo. Dessa forma, também penso que analisem: “Ser ético é pensar no bem comum. E para isso, o individualismo deve ficar em segundo plano.” Boa vendas, com ética!

Por Jean Cândido
www.clubedevender.com.br

Comentários